Dream Cast Fans 2015

Dream Cast Fans 2015

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Mistérios de uma 3 - Vida de Ashley Cap 20

Pronto pronto! Aqui o cap 20 o///



- Meu nome é Jason White. – Disse o rapaz estendendo a mão para mim.


- Sou Ashley Broullette. – Respondi.


- Sim! Ashley Broullette a participante de Allens na Seleção.... -  Disse ele com voz em tom de felicidade.


- É... Você me assistiu? – Perguntei curiosa, eu não chamava muito atenção na competição... Nunca imaginei que depois de tudo alguém me reconheceria de fora.


- Ah sim... Todos da minha casa te viram, eles amam esses programas de princesas e prestígio. – 
Disse ele em tom de riso na voz.


- Você ainda não me disse porque está aqui.... – Instiguei-o.


- E você ainda não me disse porque estava chorando. – Me rebateu. Jason parecia ser bem insistente quando queria alguma coisa. – E pode me responder por que perguntei primeiro.


- Ah, não acho muito agradável  conversar com uma pessoa que mal consigo enxergar o rosto. – Disse rindo.


- Não seja por isso... – Jason achou uma lâmpada velha no porão e acendeu.

Ele era .... Não sei como descrever, era tudo de mais lindo que eu achava em um homem: Alto, forte, olhos verdes e o cabelo escuro mas tinha um ar nobre... Extremamente cavalheiro e educado, não era como Kendall e nem como Maxon, ou como qualquer outro rapaz que eu já havia visto. Ele tinha algo diferente que eu não sabia decifrar... Algo que me atraia de certa forma. De repente, fiquei com vergonha, ele era lindo e eu estava com a cara inchada de tanto chorar... provavelmente com a maquiagem borrada e com as pontas do vestido sujas de preto por ter secado minhas lágrimas antes de ele me dar o lenço.


- UAU! – Exclamou Jason ao virar-se e me ver. “Droga... Ele vai me achar com cara de loira do banheiro de ressaca” pensei. – Posso fazer uma observação?


- Faça. – Eu estava morrendo de medo de ele me mandar embora.


- Você não vai me levar a mal? Promete? – Disse ele fixando os olhos em minha resposta.


- Prometo.


- Você parece... – “ Ridícula? É eu sei... pensei.” – Um anjo!


- Você já viu algum para saber? – Disse rindo... Como assim um anjo? Era muito engraçado.


- Na verdade não ... – Disse sorrindo se concentrando no que ia dizer, sentou no chão encostado na poltrona velha em que eu me encontrava. – Mas li uma história muito interessante em um livro sobre um anjo de gênero feminino e as características físicas da personagem se parecem muito com as suas. – Ele estava de costas pra mim sentado olhando para o teto lembrando do livro que havia lido.


- Huum... E quais são essas características físicas? – Eu estava falando demais, nunca havia sido assim com ninguém antes.


- Olhos azuis, cabelos bem loiros e outras mais...


- Quais? – Perguntei.


- Acho melhor guarda-las pra mim. – Disse ele... Não vi a expressão facial que Jason fez por estar de costas. – Mas diga, quem fez você chorar daquele jeito?


- É uma longa história... – Expliquei.


- Ah, eu tenho tempo. – Disse ele se virando para me ver.


- Bem... Meu namorado é o príncipe Kendall e ele é um cafajeste além de já ter me traído com provavelmente 90% das empregadas do palácio. – Desabafei com alguém que eu mal conhecia, mas era bom ter uma opinião de alguém de fora.


- Você gosta dele? – Perguntou-me Jason.


- Na verdade... não. Vim aqui porque Rei Harryson me convidou e eu precisava sair um pouco de casa... As coisas entre meus pais não estão indo muito bem.


- Que bom, porque um cara que te faz chorar não é digno do seu amor. – Ele era bem profundo às vezes.


- Você é muito gentil mas... Está tudo bem, só queria poder alertar o Rei mas ele jamais acreditaria nas palavras de uma “estranha”. Tá .... Agora diga-me Jason White, quem é você?

Ele deu uma risada gostosa antes de responder. – Meu pai trabalha no estábulo cuidando dos animais dos Drechsler, aí quando preciso refletir sobre minha vida, venho até aqui no porão. É o único lugar que posso ficar com meus pensamentos sem ninguém atrapalhar....


- É realmente um lugar bem aconchegante. – Já estava quase na hora do jantar que Kendall coagiu-me a comparecer, se eu me atrasasse poderia piorar as coisas e nossa convivência ficaria impossível.


- Iiiiih A princesa está sendo requisitada... – Disse Jason enquanto me via levantar da poltrona.


- Desculpe, eu preciso ir... Foi um prazer te conhecer Amigo. – Disse.


- O prazer foi meu Angel. – Dei uma risadinha, esses apelidos que os habitantes do palácio me davam. Ele riu de volta.


- Vejo você amanhã? – Perguntei.


- Olharei na minha agenda... Talvez seja possível. – Disse Jason em um tom brincalhão na voz fazendo-me rir mais uma vez.


- Está bem então, tchau... – Jason deu um tchauzinho com a mão e eu saí do porão.


E eu nunca havia me divertido tanto nem me sentido tão bem em alguns minutos num local simples, com um cara simples em toda minha estadia no palácio quanto agora. Jason com certeza despertava o melhor de mim. Será que ele também sentia o mesmo?



CRÉDITOS: ROBERTA LOPES (eu)


Espero que tenham gostado!




Beijinhus....

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos para comentar e expressar sua opinião com respeito !

Beijinhusss...