Dream Cast Fans 2015

Dream Cast Fans 2015

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Mistérios de uma 3 - Vida de Ashley Cap 9

Olá gente bunitaaa!  o////

Mais um capítulo, cumprindo a semana ! Bom feriado pra todo mundo !




Príncipe Maxon era dotado de uma beleza incrivelmente... Contagiante! Todas pararam para admirá-lo... – Inclusive eu - Ele tinha o cabelo num tom de loiro escuro - puxado para o castanho claro – e seus olhos eram castanhos num tom de marrom lindo. E seu corpo era perfeito para um príncipe. Tórax e braços bem fortes. Devo ter feito alguma expressão estranha ao admirá-lo... Se fiz, não percebi... Ele era lindo demais! Nos saudou com um “Bom dia Senhoritas!” e, logo depois, olhou para America com um sorriso por alguns segundos... Muito sutil, só percebi porque não consegui tirar os olhos dele. “Será que eles já se conheceram? Ou ele simplesmente simpatizou com ela como todos?” pensei... Mas enfim, não importava. Queria que America ganhasse.

O Príncipe pediu a Silvia para conversar com cada uma de nós, individualmente. Gelei. Não tinha experiência com homens, e nunca tinha ficado tão perto de um... Ainda por cima um tão lindo como esse.

- O que será que ele quer saber? – Perguntou Marlee se aproximando de America,  ansiosa vendo o príncipe conversar menos de 5 minutos com cada selecionada antes de chegar em nós.


- Talvez a lista de atores que você acha mais bonitos. Faça uma lista mental agora... – America respondeu tentando acalmar Marlee. Deu certo ela provocou risadas em nós duas.


Os fotógrafos e repórteres pararam entre mim e America nos fazendo perguntas do tipo  “Como vocês acham que o príncipe é?” ou “ Vocês o acharam bonito?” e coisas do gênero. Respondi todas educadamente, como sempre.

Minha vez se aproximava. Comecei a ajeitar meu vestido verde em baixo das pernas de tanto nervoso...  Enfim, era eu quem deveria ir. Caminhei calmamente até a cadeira que estava à frente do príncipe e me sentei.

- Olá minha querida.... Ashley? – Disse o príncipe olhando meu broche, ele era muito educado.


- Sim, majestade.


- Por favor, Maxon é mais apropriado. – Garantiu-me.


- Como desejar, Maxon. – Dei um sorriso simpático.


- Então, Ashley... Perdoe-me ser tão direto mas, porque está participando da Seleção? Qual seu objetivo aqui? Seja sincera. Ah e não se sinta coagida – disse entre risos amigáveis – Perguntei isso à todas.


- Estou aqui pelo príncipe. – Menti e Maxon percebeu fazendo uma expressão calma, porém desapontada...


- Tem certeza? Só por mim que está aqui? – Insistiu ele.


- Claro que sim... – Claro que não era verdade. Ele sabia que eu estava mentindo... Fiz propositalmente, eu queria sair. Gostaria que America ganhasse.


- Está bem então... Poderia aguardar em seu lugar? Gostaria de dar uma palavrinha com você e as outras selecionadas que permanecerem no salão. – Pediu-me Maxon .


- Posso Majes... Digo, Maxon! – Fiz uma reverência de agradecimento a qual ele retribuiu e sai indo me sentar em meu lugar, ao lado de America. Logo chegou a vez da favorita, e ela pareceu se sair muito bem na conversa com o príncipe. Assim como Kriss.


Depois do príncipe Maxon  ter conversado com todas, mandou um grupo de garotas ir tomar o café na sala de jantar e outro permanecer nos lugares do salão das mulheres... Eu fazia parte do grupo que ficou. Vi America indo com Marlee para a sala de jantar e sabia que a partir dali iriamos nos distanciar. “Sentirei saudades” pensei.


- Queridas moças. – O príncipe começou seu discurso – Peço primeiramente desculpas pois terei que manda-las para casa. As senhoritas são pessoas adoráveis mas são dignas de um par talvez, diferente ou quem sabe, melhor do que eu. Muito obrigada pela presença de todas e por sua fidelidade em participar da Seleção. Vocês serão guiadas pelos guardas até suas respectivas residências e suas criadas vão lhes auxiliar à arrumar seus pertences. A partir de agora seu comprometimento amoroso por mim acabou. Se alguém quiser explicações mais particulares me procurem a partir das quatro da tarde, estarei disponível para esclarecimentos. Desejo muitas felicidades a todas. – E se retirou, com muita pressa para se reunir com as que tinham permanecido na competição. Após a saída do príncipe, algumas meninas começaram a chorar inconformadas de terem perdido... Outras reclamavam aos berros e algumas simplesmente aceitaram, como eu. “Queria ter tido a oportunidade de ter me despedido das meninas...” eu pensei. Mas não faltariam oportunidades.



[...]




Glenda, Jane e Sam arrumaram minhas coisas com excelência e rapidez. Coloquei uma roupa mais confortável e minhas malas foram levadas para o carro... o mesmo carro que pareceria extremamente vazio e sem graça sem Marlee. Antes de entrar no automóvel dei um adeus a Glenda e as outras criadas e precisei dar uma saidinha para resolver uma pendência no palácio.

Corri até o escritório do príncipe Maxon onde os guardas permitiram que eu passasse, com muita persistência minha.


- Maxon! Podemos conversar? Por favor.... – Supliquei ao príncipe que prontamente me atendeu.


- Ashley não é? Desculpe, achei que sua falta de sinceridade já fosse motivo suficiente para que eu a eliminasse. – Ele realmente estava desapontado comigo. Não o culpo nem me senti ofendida afinal, ele tinha razão.


- Sim, tem razão mas.... Não vim aqui para pedir justificativas. Vim para ser sincera com você. – Respirei fundo antes de continuar – Eu menti, não vim para a Seleção por sua causa, vim para agradar minha família... Por status, simples assim – Era verdade, só omiti o fato de minha família estar a beira da falência mas eram detalhes, agora que eu já havia saído da Seleção, a melhora em minha casa era só uma questão de tempo...



- Bom.... Então porque não disse a verdade? – Perguntou Maxon arqueando as sobrancelhas sempre em um tom brando na voz.


- Por que não queria ir contra as regras. Fui treinada para dizer sempre o que me mandam.


- Seja você mesma senhorita Broullette. Simples assim... E seja sincera, poucos seres humanos possuem essa característica atualmente. – Maxon estava satisfeito e feliz por minhas confissões.


- Creio que aprendi a lição. Então... Sem ressentimentos majestade? – Disse dando um sorriso simpático ao príncipe.


- Está perdoada. Mais alguma coisa?


- Na verdade sim. Se me permiti opinar, acredito que a jovem America Singer possui essa qualidade que vossa alteza tanto admira nas pessoas... – Disse dando uma piscadinha pra Maxon.


- Ah claro... Considerarei sua opinião com certeza. – Maxon sorriu de canto. Ele era lindo mas jamais me pertenceria. – Tenha uma boa viagem, Ashley.


- Tenha uma boa Seleção, Maxon. – Me retirei sorrateiramente.


Um dos guardas me guiou até o carro que me levaria ao aeroporto de volta a Allens, minha família e... minhas hortênsias. Já estava com saudades do cheiro delas. 













CRÉDITOS: ROBERTA LOPES (eu)




Beijinhus.....

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos para comentar e expressar sua opinião com respeito !

Beijinhusss...