Dream Cast Fans 2015

Dream Cast Fans 2015

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Mistérios de uma 3 - Vida de Ashley Cap 13

Eeeeeee o que eu não faço por essas minhas leitoras??? kkkkkkkk Cá estou adiantando mais um capítulo antes de sexta, tenho jeito não hahaahhaha

Escolhi a Cameron Díaz para ser Amélia Broullette, a mamis da Ash .



Puxa vida... Pena de morte! Eles poderiam ser menos específicos a cerca da pena... Mas, é justo afinal se comprometer para depois deixar o pobre príncipe só, não é algo muito correto. Príncipe Kendall Drechsler.... “Será?” – pensei. De repente me veio uma súbita lembrança. Corri até minha gaveta do criado mudo onde eu havia deixado o bilhete romântico e confirmei minhas suspeitas direcionando minha atenção ao fim:

Carinhosamente,

K.D.


“K.D. = Kendall Drechsler” – Conclui. Será? Tão óbvio assim? Mas se for, como ele me conheceu? Ou me viu, e como sabia que eu participaria da Seleção? Ele sabe tanto sobre mim e eu não sei nada sobre ele. “Calma Ashley! Você não sabe se é ele, pode ter sido apenas uma coincidência de iniciais, afinal quantos K.Ds existem nesse mundo?” tentei questionar meu coração para não criar expectativas ilusórias. Mas só há um jeito de descobrir... Preciso aceitar esse convite. “Oh não! E mamãe Ashley? Você não pode deixa-la nesse momento difícil!” - minha consciência me acusava. Realmente, ela tinha razão, mamãe era minha única família no momento e precisava de mim aqui em Allens... Estava feito, eu não aceitaria o convite do Rei Harryson, ao menos por hora... Estava guardando o bilhete junto ao convite real quando mamãe entrou em meu quarto.


- Que convite é esse Ash? – Perguntou-me mamãe. Respirei aliviada por ela ter se referido ao convite e não ao bilhete de amor.


- Ah não é nada mamãe.


- Deixe-me ver! – Resmungou mamãe arrancando o convite de mim e examinando-o atentamente. – É o convite que seu pai trouxe daquele Rei da Inglaterra não é?


- É sim.


- Um ano? – Disse mamãe arregalando os olhos de surpresa pelo prazo imposto.


- Não se preocupe, eu não irei. Ficarei aqui com você. – Respondi com um sorriso amarelo, mas segura do que estava dizendo. Eu não a deixaria agora, em hipótese alguma.


- Filha, você quer ir? – Demorei alguns segundos para responder fazendo com que mamãe insistisse. 
– Ash, é do seu desejo aceitar a proposta?


- Não posso deixar você aqui sozinha mãe. Não agora....


- Ashley, ouça. Sim, sou sua mãe e com certeza estou sofrendo mas, nada disso que aconteceu foi culpa sua. Você tem o direito e a obrigação de fazer sua vida.... Não estarei aqui para sempre e odiaria vê-la sozinha por minha causa. Essa oportunidade é única na sua vida filha.


- Mas mãe, e se não der certo? E se eu me iludir... Não quero sofrer! – Sim, eu não queria acabar como minha mãe na questão amorosa. Traída e magoada pelo marido... Podia parecer egoísmo de minha parte mas era verdade. E se o K.D. fosse mesmo o Príncipe Kendall, e se ele se decepcionasse comigo... Se me traísse? Eu não suportaria, não herdei a força de minha mãe. – E outros convites de casamento aparecerão... Não se preocupe com isso. Quando a senhora estiver melhor conversaremos sobre isso está bem?


- Bem, convites reais tão diretos assim não costumam ter um período de validade muito longo... E que outro Rei, com um  filho da casta 1 vai se dirigir tão exclusivamente à você de novo? Ash, você é uma filha maravilhosa, eu te amo e por te amar tanto quero que você aceite. Não é porque minha história de amor não deu certo que a sua também será um fiasco, filha. – Ela soltou uma risadinha – Quero que você seja feliz e essa pode ser a oportunidade para que isso ocorra. Aceite, eu vou ficar bem... Posso tirar umas férias na Itália e apresentar meu livro pra uma editora de lá, mando cartas pra você toda semana se quiser.


- Tem certeza mamãe? Posso ficar sério. – Não, eu não queria ficar mas precisava insistir... Tudo o que eu mais queria era sumir daqui mas, era a solidão da minha mãe que estava em jogo.


- Ashley, você ama sua mãe? – Que pergunta estranha... Deu vontade de rir quando ela me perguntou algo tão óbvio.


- Claro mamãe.


- Então você vai ligar agora pra esse número, e procurar essa tal de Diana comunicando que você aceita a proposta antes que outra menina enxerida roube sua vaga, entendeu? – Mamãe era demais... Pulei e lhe abracei.


- Obrigada mamãe, eu te amo e você é a melhor mãe do mundo! – Disse enquanto a abraçava.


- Também te amo.... Agora ligue logo!


Sim, eu iria aceitar o convite do Rei Harryson III, Inglaterra seria meu lar durante um ano e finalmente minha vida iria começar.... E assim corri ao telefone discando o número impresso no convite conversando com Diana, a assistente do palácio.








CRÉDITOS: ROBERTA LOPES (eu)







Espero que tenham gostado, até sexta!



Beijinhus....


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos para comentar e expressar sua opinião com respeito !

Beijinhusss...