Dream Cast Fans 2015

Dream Cast Fans 2015

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

1ª Fanfic do blog : Mistérios de uma 3 - vida de Ashley Broullette Cap 01

Olá Selectioners!

Hoje estou muito feliz pois vou começar minha primeira fanfic!!!







E, finalmente, primeiro capítulo!




             Acordei atônita. Eram oito horas da manhã - o que era muito estranho pois normalmente acordo depois das nove - ou não tão estranho assim. Nas ultimas noites, não consigo repousar minha cabeça no travesseiro sem me perturbar com meus pensamentos sobre A Seleção... É muito difícil para mim participar de uma competição dessas, simplesmente para ter um mero status que eu sempre  tive. Tudo para não permitir que minha família caia na falência absoluta.

         Somos da casta 3, família Broullette, descendentes dos antigos franceses. Papai se tornou um brilhante advogado e, com o aumento de conflitos jurídicos em Allens , teve bastante sucesso lucrativo na carreira fazendo com que mamãe se estabilizasse diante de nossa aparente e estável condição social e , decidisse parar de trabalhar. Mamãe era uma incrível escritora! Eu sempre a admirei.... Não que eu não gostasse da função que papai exercia perante a sociedade, mas mamãe sempre me inspirava com seus belos livros e sua paixão pela escrita. Ela me fazia acreditar que a vida podia ser melhor, não importava o que acontecesse, sempre existia um espaçoso papel para abrigar suas emoções em forma de palavras.
   
        De uns tempos para cá, a situação em casa despencou de uma forma tão rápida que está sendo difícil aceitar tudo... Papai perdeu os clientes devido a melhoria da segurança com o aumento dos ataques advindos de rebeldes sulistas nas províncias, e mamãe estava tentando acabar desesperadamente um livro para publica-lo... Sem sucesso... Estava com a cabeça tão cheia de problemas que a inspiração lhe faltava. A única saída para minha família era que eu participasse da Seleção, qualquer pouco tempo que eu ficasse lá subiria o status da minha família e os moradores passariam a contratar mais os serviços de papai e, talvez, publicassem com mais facilidade o livro que mamãe estava tentando finalizar.... E até, conseguir um casamento para mim com alguém da casta 2 ou 3.... Meu futuro nesse momento era um enigma total para mim, era estranho viver aquele momento. Sempre fui tão segura de mim mesma, sempre estudei nas melhoras escolas, tive os melhores vestidos, as mais atenciosas criadas e todos os luxos e riquezas que eu poderia comprar, e agora... Me vejo obrigada a participar da primeira coisa que faço por necessidade na minha vida! Não porque quero fazer, e sim por uma responsabilidade... Mas, seja como for, devo me preparar psicologicamente para isso, faltam apenas 2 dias e preciso honrar minha família. Nossa permanência na casta 3 dependerá do meu empenho na Seleção, e não pretendo desapontar meus pais.


- Ash, minha filha! Vou até ao jardim buscar um pouco de paz na natureza para terminar meu livro... Gostaria de ir comigo?- Disse mamãe abrindo a porta do meu quarto  bruscamente, interrompendo meus pensamentos e me fazendo aceitar a gentil oferta... Qualquer ambiente que arejasse minha mente era bem vindo.


- Claro mamãe! Está um dia lindo, bem ensolarado... Será ótimo! Me espere lá em baixo, desço em 15 minutos... – Disse em um tom extremamente animado, tirando meu ar reservado por alguns minutos.


- Está bem Ash, estarei a sua espera na sala de estar.


Quando mamãe se retirou do meu quarto, pulei da cama extremamente renovada. Corri para o banheiro, tomei um banho gelado de 5 minutos para me despertar e escovei os dentes. Ao sair do banheiro, escolhi um lindo vestido branco que minha criada Tereza havia preparado, cheio de estampas floridas em um azul celeste, combinando com a cor dos meus olhos os quais eu sempre destacava com leves traços de lápis preto. Eu gostava daquele vestido, embora o tenha usado pouquíssimas vezes - não costumava repetir muitas roupas -Me dava um ar leve e casual. Ao me admirar no espelho, me senti mais animada... De repente a ideia de um passeio pelo jardim com minha musa inspiradora poderia aumentar minha confiança e me mostrar que a vida nem sempre é como esperamos que seja... Talvez a ideia da Seleção seja boa, mesmo representando um dever.





























CRÉDITOS : Roberta Lopes (eu)
LINK NO SOCIAL SPIRIT: AQUI 



Espero de verdade que vocês tenham gostado... Muitas surpresas virão por aí!


Beijinhus.....




Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos são bem vindos para comentar e expressar sua opinião com respeito !

Beijinhusss...